Dieta Vegetariana: Uma Dieta Saudável Que Promove Perda Eficiente de Peso

Dieta Vegetariana: Uma Dieta Saudável Que Promove Perda Eficiente de Peso

Dieta vegetariana é ideal para quem deseja uma alimentação saudável

A dieta vegetariana tem ganho cada vez mais adeptos no mundo inteiro e, atualmente, já representam cerca de 18% da população mundial.

Principalmente pelo quesito perda de peso. A dieta vegetariana auxilia a queimar gordurinhas e a dar ao corpo uma silhueta mais magra rapidamente.

Além de não oferecer riscos para a saúde, se feita adequadamente.

A ideia da dieta vegetariana é priorizar ao máximo os alimentos de origem vegetal, mas sem excluir totalmente os produtos de origem animal (como no caso da dieta vegana).

É uma excelente opção para quem quer adotar uma alimentação mais saudável sem tomar uma postura radical na dieta.

Confira agora tudo que você precisa saber sobre a dieta vegetariana, seus efeitos positivos no emagrecimento e como começar. Acompanhe!

Na dieta vegetariana, há uma exclusão total da carne ou não?

Sim. Não é porque a dieta é um pouco mais “liberal” que a carne está aceita no cardápio.

A dieta vegetariana tem como pilar o abandono de carnes – sejam elas brancas ou vermelhas – em prol de uma alimentação com base em frutas, legumes, grãos e verduras.

Para compensar a falta de proteínas advindas das carnes, geralmente são compostos alimentos e receitas saborosas que suprem esse tipo de necessidade com a variedade de legumes e vegetais, assim como a inclusão periódica de laticínios e ovos, por exemplo.

Ao cortar o consumo de carnes, os vegetarianos se beneficiam de uma dieta com pouquíssima gordura e sódio. E, alguns até relatam ser mais fácil controlar a glicose a partir da dieta vegetariana.

Tipos de dietas vegetarianas

Existem diferentes tipos de dietas vegetarianas com base na reclusão de certos grupos alimentares.

Sendo as mais comuns:

Dieta ovo-lacto

Como o próprio nome sugere, as carnes – tanto vermelhas como brancas – não são permitidas. Porém ovos e produtos lácteos estão liberados na alimentação.

Dieta ovo-vegetariana

As carnes também estão proibidas, assim como os laticínios, nesta modalidade. Porém os ovos estão liberados e podem ser consumidos sem restrições.

Dieta lacto-vegetariana

As carnes também estão proibidas, assim como os ovos. Apenas os produtos lácteos estão liberados.

Dieta pescetariana

As carnes continuam proibidas, exceto peixes. Também é permitido ocasionalmente o consumo de ovos, laticínios e outros produtos de origem animal: como o mel, por exemplo.

Dieta flexível

Esta é uma dieta que proporciona o melhor dos dois estilos de alimentação: a vegetal e animal, claro, predominando a alimentação de origem vegetal.

O cardápio é composto em maior parte por frutas, legumes, verduras e grãos, sendo permitido ocasionalmente o consumo de carne, frango e peixe.

Dieta vegana

Para aqueles que realmente querem abraçar a causa e contribuir para a preservação dos animais, a dieta vegana restringe totalmente o consumo de carnes e derivados de origem animal: incluindo laticínios, ovos e mel.

Apenas produtos de origem vegetal podem ser consumidos.

Benefícios da dieta vegetariana no emagrecimento

Adotar uma dieta vegetariana pode ser bastante eficaz na perda de peso, principalmente por conter menos gorduras saturadas e menos calorias também.

O consumo calórico na dieta vegetariana é muito baixo, e por isso não há acúmulo de gorduras, principalmente se aliada a exercícios físicos.

O fato de o vegetariano consumir mais fibras e possuir uma dieta fracionada, também colabora bastante no processo de emagrecimento; já que a digestão costuma ser mais acelerada.

Além disso, o consumo de frutas e vegetais tendem a encher mais rápido, aumentando a sensação de saciedade sem o consumo alto de calorias.

Você pode optar por aderir à dieta vegetariana pelo resto da sua vida ou apenas pelo período que deseja emagrecer ou desintoxicar o seu corpo.

Mas fique de olho nos valores nutricionais do que você come e não deixe de comer durante a dieta vegetariana. É importante que você mantenha um cardápio bem variado para suprir a necessidade diária de todos os nutrientes.

Benefícios para a saúde proporcionados pela dieta vegetariana

Além do emagrecimento, a dieta vegetariana garante benefícios realmente significativos para a saúde.

Dentre eles podemos listar:

Prevenção do câncer

Pesquisas americanas revelaram que um estilo de vida vegetariano está relacionado a menores riscos do aparecimento do de câncer, incluindo o câncer de mama, estômago, cólon e reto.

Mais pesquisas ainda precisam ser feitas para comprovar 100% a relação entre uma dieta vegetariana e a prevenção do câncer.

Mas, pode-se provar a eficiência dos alimentos vegetais na prevenção do câncer pela variedade de alimentos antioxidantes que podemos encontrar, como é o caso do cacau, aveia, frutas cítricas, linhaça, açafrão, entre outros.

É excelente para o coração e sistema cardiovascular

Por ser de baixa caloria, a dieta vegetariana é bastante eficaz na redução do colesterol ruim e na regulação da pressão arterial, principalmente pela baixa quantidade de sódio.

Também reduz consideravelmente os riscos de infarto.

Auxilia a estabilizar o açúcar no sangue

Vários estudos indicam que adotar uma dieta vegetariana auxilia a manter o nível saudável de açúcar no sangue.

Sendo até indicada para o controle dos níveis de açúcar no sangue de indivíduos com diabetes tipo 2.

Indicações de alimentos que podem ser consumidos na dieta vegetariana

Bom, em regra, qualquer alimento de origem vegetal e derivados animais que não sejam carne, podem ser consumidos.

Porém, existem alguns alimentos com alto valor nutricional que devem ser inclusos no seu cardápio diário.

São eles:

  • Frutas: frutas cítricas no geral, caqui, banana, pera, maçã, abacate e mamão são excelentes opções;
  • Verduras: prefira sempre os vegetais verdes, a couve, a rúcula, o espinafre, a alface e a escarola são ótimas opções;
  • Legumes: de preferência consuma-os crus ou levemente cozidos. Opte por abobrinha, chuchu, pimentão e berinjela;
  • Leguminosas: você pode escolher entre os tipos de feijão, lentilhas, ervilhas e favas;
  • Tubérculos: batata-doce, mandioca e inhame;
  • Cereais: a aveia é uma excelente opção, o centeio, arroz integral, milho e quinoa também devem compor seu cardápio;
  • Oleaginosas: castanha, amendoim, nozes, amêndoas, pistache e macadâmia são ótimos complementos para lanches;
  • Óleos: todos de origem vegetal, entre eles o azeite de oliva, o óleo de coco e o óleo de linhaça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here