Como a Melatonina pode Ajudar Você a Dormir e se Sentir Melhor

Como a Melatonina pode Ajudar Você a Dormir e se Sentir Melhor

Os problemas com o sono afetam milhões de pessoas em todo o mundo, variando entre a dificuldade de ter um sono contínuo e profundo até a impossibilidade de adormecer.

Por mais que a relação entre um bom sono e uma boa saúde não seja clara para a maioria das pessoas, o fato é que um sono insuficiente ou de má qualidade pode te gerar sérias consequências.

Além da falta de energia e o cansaço crônico, problemas com o sono ainda podem ocasionar aumento do risco de doenças, como pressão alta, doenças cardiovasculares e diabetes.

É aí que entra a importância da melatonina, o chamado hormônio do sono, e que pode ajudar a resolver o problema de pessoas com algum distúrbio.

Mas o que é realmente a melatonina e como ela funciona como regular do sono e da saúde?

Acompanhe agora esse artigo para saber tudo sobre esse hormônio e se você precisa suplementá-lo.

Melatonina: por que ela é indispensável ao seu sono?

O que é a melatonina?

A melatonina é um hormônio produzido pelo próprio organismo por meio da glândula pineal, localizada no cérebro.

Ela costuma ser produzida pelo corpo nos momentos em que a ausência de luz é maior, sendo indispensável para regular o relógio biológico humano.

É justamente por conta da melatonina que você sente mais sono à noite e fica mais desperto e disposto durante o dia (pelo menos, deveria ser assim).

Quando a melatonina é produzida em altos níveis no seu organismo, ela te faz sentir sono e te ajudar a adormecer.

Além do sono, esse hormônio traz outros diversos efeitos para a sua saúde, como o seu alto poder antioxidante, proteção da saúde ocular, regulação dos níveis do hormônio de crescimento nos homens e tratamento de problemas estomacais.

O grande ponto de desequilíbrio ocorre quando a melatonina está com a sua produção afetada e descompensada, levando a distúrbios do sono.

Como a melatonina trabalha?

A melatonina trabalha regulando o ritmo circadiano, ou o relógio biológico, do seu organismo, o que faz com que ele saiba qual a hora tanto de dormir quanto de acordar.

Além da função principal de regular o ritmo circadiano, a melatonina ainda é responsável pela regulação da temperatura corporal, da pressão arterial e de outros hormônios, como o hormônio de crescimento.

Como você viu no tópico anterior, os níveis de melatonina começam a aumentar quando começa a escurecer, e vai elevando-se até o momento de adormecer.

À medida que a produção de melatonina vai subindo, você começa a se sentir mais relaxado e com sono, já que o seu organismo está te preparando para a hora de dormir.

O relaxamento é proporcionado pela ligação desse hormônio com diversos receptores espalhados pelo organismo, como os que estão localizados no cérebro, o que reduz a atividade cerebral e do sistema nervoso.

Existem também receptores da melatonina nos olhos, que quando ligam-se fazem com que os níveis do hormônio dopamina sejam reduzidos, o que é essencial para o sono.

Os mecanismos exatos de como é a ação da melatonina para ajudar a adormecer ainda permanecem um pouco nebulosos, mas todos esses processos citados anteriormente permitem que você sinta sono e durma, consequentemente.

Assim como a redução da luz aumenta a produção da melatonina, o aumento da iluminação suprime esse hormônio, fazendo com que você acorde.

É por esse motivo que você encontra mais dificuldade de adormecer em locais com muita luz, enquanto locais escuros são propensos ao sono.

Além da claridade, ou seja, do excesso de iluminação, existem alguns outros fatores que podem suprimir a produção de melatonina no período da noite.

O uso do tabaco, a exposição à luz, principalmente a azul, durante a noite, o estresse crônico, o trabalho em turnos alternados e a idade também são fatores relacionados aos baixos níveis de melatonina no organismo.

Quando essa redução ocorre, então surgem os problemas para dormir ou ter um sono profundo e contínuo, e entra a necessidade de tomar-se suplementos para reverter esses quadros.

A suplementação de melatonina pode ajudá-lo a dormir

Atualmente, com um número cada vez maior de pessoas sofrendo com problemas regulares de sono, o uso da suplementação da melatonina está em alta.

Muitas pessoas têm buscado essa alternativa para resolver seus distúrbios relacionados ao sono, apesar de muitos ainda perguntarem-se se ela é realmente efetiva para esse tratamento.

Apesar das dúvidas, diversas pesquisas vêm sendo produzidas e já demonstraram que o consumo do suplemento de melatonina pode ajudar as pessoas a dormirem.

Os resultados mostraram que não só o tempo para adormecer foi, em média, reduzido, como também a qualidade do sono melhorou significativamente.

Ela pode ser excepcional também para pessoas que viajam e sofrem com a mudança constante de fuso horário, além daqueles trabalhadores que atuam em turnos alternados de trabalho.

Nesses casos, o uso da melatonina consegue resolver o desequilíbrio do ritmo circadiano e a regular o horário de dormir dessas pessoas.

Não é à toa que pessoas que pilotos e comissários de bordo vem fazendo uso, já há alguns anos, da melatonina suplementada para resolver o problema do “jet lag” (mudança de fuso horário).

Quais outros benefícios da melatonina?

Como foi dito anteriormente no texto, os benefícios da melatonina vão muito além de ajudar a regular o relógio biológico e o sono.

Veja agora alguns dos principais outros benefícios desse hormônio tão importante para a saúde.

Regulação do hormônio do crescimento nos homens

O uso da melatonina ajuda a regular os níveis do hormônio do crescimento (GH) em homens, tendo em vista que eles são produzidos e liberados naturalmente em maior quantidade durante o sono.

Isso ocorre porque a melatonina atua diretamente sobre a glândula pituitária, centro da liberação do GH, que torna-se mais sensível com os altos níveis do hormônio do sono.

Melhora a saúde ocular

A melatonina é um poderoso antioxidante, o que ajuda a melhorar a saúde dos olhos e a reduzir o risco do desenvolvimento de doenças oculares, principalmente as relacionadas à idade.

As retinas são as principais protegidas com o uso da melatonina, tendo em vista que ela reforça a proteção dessas estruturas contra os danos dos radicais livres.

Redução dos sintomas de depressão sazonal

A suplementação do hormônio melatonina atua reduzindo os sintomas e protegendo as pessoas contra a chamada “depressão sazonal”.

Esse tipo de depressão pode ocorrer durante uma mudança nos ciclos da luz, o que afeta diretamente o relógio biológico e o ciclo do sono (normalmente no inverno).

Como a melatonina ajuda na regulação dos ciclos circadianos, então ela ajuda diretamente na redução dessa depressão causada pela desregulação do sono.

Sobre esse efeito positivo da melatonina sobre a depressão sazonal, alguns estudos mais detalhados são necessários para entender realmente os benefícios e como ocorrem.

Conclusão

Como você pôde ver, a melatonina é essencial para quem deseja ter uma noite de sono satisfatória, além de uma melhor saúde geral.

A suplementação para pessoas que possuem distúrbios do sono pode reduzir o tempo para adormecer e melhorar a qualidade do repouso, fazendo com que você consiga entrar nos mais profundos estágios do sono.

Gostou do artigo de hoje sobre como a melatonina pode ajudar você a dormir e a se sentir melhor?

Se ficou com alguma dúvida sobre esse assunto, escreva-a abaixo nos comentários para que eu possa ajudá-lo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here