Benefícios do Sexo para a Saúde

Benefícios do Sexo para a Saúde

O sexo é visto, pela quase totalidade das pessoas, apenas como uma forma de prazer, aliás, é considerado uma das melhores de todas.

Fora o prazer, ainda é visto como uma forma de aprofundar a relação e a intimidade entre duas pessoas, principalmente quando estão em um relacionamento (uma das causas comuns de rompimentos é a falta de sexo).

Entretanto, o sexo vai muito além desses dois fatores e do conhecimento do próprio corpo e da sexualidade, ele é bom para a saúde.

Apesar de parecer uma associação estranha, o sexo pode melhorar sua vida de diferentes formas, com benefícios para a saúde física, emocional, psicológica, além de melhorar o intelecto e a sociabilidade.

Dessa forma, é realmente importante que você permita que o sexo faça parte da sua vida, tendo em vista tudo o que ele pode trazer de positivo para ela.

Ainda há muitas pessoas, mais de 70% delas, que mente sobre a vida sexual em conversas com amigos.

Apesar de isso parecer bom para sua imagem pessoal, o seu organismo e a sua saúde não são beneficiados com as melhoras proporcionadas pela atividade sexual.

Ficou curioso para saber quais são os principais benefícios do sexo para a saúde?

Então acompanhe esse artigo até o final e entenda por que a Associação Americana de Saúde Sexual reconhece o sexo como uma importante parte da sua vida.

Sexo: conheça os benefícios para a saúde

Segundo alguns estudos, o sexo é considerado com um excelente exercício para homens e mulheres de todas as idades, principalmente os mais jovens.

Como um exercício cardiovascular ou cardiorrespiratório, ele pode ser considerado com uma atividade leve que traz alguns benefícios.

Alguns dos principais benefícios do sexo para saúde são:

  • Maior queima calórica (já que é considerado um exercício de caráter cardiorrespiratório)
  • Melhora a saúde cardiovascular
  • Regula a pressão arterial
  • Fortalecimento muscular
  • Aumenta a libido

Além disso, pessoas que possuem uma vida sexual bastante ativa costumam exercitar-se com mais frequência do que aquelas que não fazem sexo com frequência.

Os hábitos alimentares, segundo as pesquisas demonstraram, também são melhores nas pessoas com mais atividade sexual.

- Anúncio -

Veja agora mais detalhadamente quais são os principais benefícios do sexo para a sua saúde.

O sexo fortalece o sistema imunológico

O fortalecimento do sistema imunológico do seu organismo é um dos principais benefícios do sexo para a saúde.

A prática sexual promove uma maior liberação do anticorpo Imunoglobulina A (ou IgA) que ajuda na proteção do organismo contra eventuais infecções e inflamações.

Alguns estudos já demonstraram que as pessoas que têm relações sexuais de forma frequente (era considerado frequente o sexo de uma a duas vezes por semanas) produziam mais IgA.

Em comparação, aquelas que praticavam sexo por menos de uma vez por semana apresentavam baixos níveis de IgA.

Isso demonstra a importância da prática sexual, pois o IgA tem um papel muito importante na prevenção de doenças, inclusive as sexualmente transmissíveis, como o HPV.

O sexo ajuda a aliviar as crises de dor de cabeça

Outro importante benefício do sexo que foi demonstrado através de estudos diz respeito ao alívio das crises de dor de cabeça (enxaquecas e cefaleias).

As pessoas que eram ativas sexualmente demonstraram alívio total ou parcial dessas crises em comparação aquelas que não faziam sexo de maneira frequente.

O que pode estar relacionado a essa melhora e alívio das crises é a liberação de substâncias que irão atuar sobre o sistema nervoso.

Essas substâncias, entre elas a endorfina, ajudam a reduzir a sensibilidade à dor e relaxam a musculatura.

Dessa forma, o sexo pode ser um “remédio natural” por conta da liberação da endorfina, por exemplo, contra a dor de cabeça (e não algo que piora os sintomas, como a maioria das pessoas acredita).

O sexo diminui e regula a pressão sanguínea

Se você possui pressão arterial alterada, então o sexo pode ser um ótimo “remédio natural” contra esse problema.

Estudos demonstraram que pessoas que eram sexualmente ativas, principalmente as mulheres, apresentavam menos chances de sofrer com hipertensão arterial (pressão arterial elevada).

Apesar disso, o controle dessa disfunção vascular é importante para que não acarrete em problemas na hora do sexo.

Os homens que apresentam hipertensão sexual estão mais propensos a sofrer com disfunção erétil, pois há uma maior dificuldade do fluxo sanguíneo chegar até o pênis.

Para as mulheres, o descontrole da pressão arterial resultando em níveis elevados pode reduzir a libido e afastá-las do interesse pela prática sexual.

Dessa forma, é importante que o tratamento da hipertensão arterial seja acompanhado de uma vida sexual ativa, pois isso auxilia no combate ao problema de modo sistêmico.

Não existe risco de fazer sexo para o seu coração se você tiver problemas de pressão alta, mas um médico pode ser consultado caso haja preocupação com esse fator.

O sexo ajuda a proteger os homens contra o câncer de próstata

Um importante benefício do sexo para a saúde masculina é a proteção contra o risco do desenvolvimento de câncer de próstata, o mais comum entre os homens.

Pesquisas mostraram que homens que ejaculavam frequentemente (acima de 20 vezes por mês) tinham menos riscos de sofrer com câncer de próstata em comparação com aqueles que ejaculavam menos de dez vezes mensais.

A relação entre um maior número de ejaculação e o menor risco de câncer de próstata pode ser dar por dois motivos (ainda são teorias dos pesquisadores).

Uma teoria aponta que a constante drenagem do fluído da próstata por meio da ejaculação evita que ocorram microcalcificações no ducto dessa glândula.

A segunda teoria envolve a eliminação de materiais carcinógenos por meio da ejaculação, de modo que eles não possam levar ao desenvolvimento de substâncias cancerígenas e do câncer da próstata.

Pelas pesquisas, além do sexo, a masturbação também é benéfica para a saúde da próstata, por permitir igualmente a ejaculação.

O sexo ajuda você a dormir melhor

Se você é uma pessoa que apresenta dificuldades para dormir à noite, então o sexo pode ajudá-lo efetivamente com esse problema.

Existem diversas substâncias químicas que são liberadas durante o sexo e algumas delas ajudam a adormecer de forma mais fácil.

Dessa forma, ter uma vida sexual ativa pode ajudar você a alcançar as horas de sono recomendadas pelos órgãos mundiais de saúde.

A ocitocina, a endorfina e a dopamina são as três principais substâncias liberadas durante o sexo que estão envolvidas na melhora do sono.

No orgasmo, a ocitocina que havia sido liberada durante o sexo combina-se com a prolactina, ajudando no relaxamento e deixando você sonolento.

Além disso, em homens e mulheres o sexo age promovendo o sono, mas de formas diferentes.

No caso dos homens, a região associada ao estado de alerta e atividade mental tem sua atividade “retraída” após o orgasmo (por conta da liberação de ocitocina e serotonina), induzindo-os ao sono.

Já no caso das mulheres, o sexo ajuda a dormir melhor por conta dos níveis de estrogênios que tornam-se autos durante o sexo, melhorando o sono REM.

Além do benefício do sexo direto para o sono, dormir melhor traz diversos outros pontos positivos (benefícios indiretos do sexo) para o organismo, como:

  • Fortalece o sistema imunológico
  • Mais energia e menos fadiga
  • Aumenta a expectativa de vida

O sexo melhora a saúde do coração

Qualquer forma de atividade física é benéfica para a saúde do organismo e do coração, inclusive o sexo.

Ao fazer sexo, a frequência cardíaca é aumentada até o pico máximo, que ocorre durante o momento do orgasmo.

Homens que possuem uma atividade sexual de forma regular possuem quase 50% menos chances de vir a desenvolver alguma doença cardíaca do que aqueles sexualmente inativos.

Claramente, as mulheres também beneficiam-se do efeito do sexo no coração, mas são os homens que colhem mais esse fator positivo.

Aqueles que fazem sexo pelo menos duas vezes por semana possuem uma melhor saúde cardíaca.

Outro dado encontrado em estudos de associações do coração é que pessoas que sofrem com algum problema cardíaco podem fazer sexo sem nenhum problema, já que são raríssimos os episódios de algum problema nesse momento.

Da mesma forma que é benéfico pessoas com algum problema no coração fazerem atividades moderadas, como caminhadas, também é saudável praticar a atividade sexual.

O sexo ajuda a combater o estresse

O estresse é hoje conhecido como o mal do século, tendo se tornado crônico na vida de muitas pessoas.

Quando as pessoas falam que alguém precisa fazer sexo porque anda muito estressado, há um fundamento científico de verdade por trás disso.

O efeito calmante do sexo está relacionado com a liberação do hormônio ocitocina, aquele mesmo que tem influência e ajuda a dormir melhor.

Pesquisadores estão fazendo estudos para avaliar se quanto mais intenso for o sexo, maior é o relaxamento e a redução das cargas de tensão e de estresse.

Estudos feitos com voluntários demonstraram que a prática sexual ajuda a reduzir bastante os níveis de ansiedade, sendo essenciais para melhorar a saúde mental das pessoas.

O estresse excessivo, bem como a ansiedade, pode levar a problemas secundários como dor de cabeça severa, tensão muscular, problemas gastrointestinais e até depressão.

 Dessa forma, o sexo pode ajudar ainda, de forma indireta pela redução do estresse, a evitar todos esses problemas.

O sexo com penetração, aliás, é bem mais benéfico nesse quesito do que a masturbação ou sexo oral.

O sexo aumenta a expectativa de vida

Você sabia que fazer sexo pode aumentar a sua expectativa de vida?

Quem deseja ter uma vida mais longa e saudável deve ter uma vida sexual ativa!

Isso é o que dizem alguns estudos que mostraram o efeito positivo da prática sexual na proteção da saúde masculina.

O risco de morte em homens que tinham orgasmos de forma frequente era 50% menor do que naqueles que não praticavam sexo ou não ejaculavam com frequência.

Enquanto para os homens o que parece ter mais efeito como benefício na longevidade é a prática sexual, no caso das mulheres o prazer sexual está mais relacionado com uma vida mais longa.

O sexo ajuda a emagrecer

Como dito várias vezes anteriormente nesse artigo, o sexo é um excelente exercício cardiorrespiratório, sendo comparado a atividades leves, como a caminhada.

Isso faz com que ele seja muito bom para quem deseja emagrecer, pois ajuda a queimar calorias, auxiliando na redução do tecido adiposo e da circunferência abdominal (logicamente que quando associado a outros exercícios).

O sexo equivale, em média, a uma caminhada ou trote em velocidade de 8 quilômetros por hora, sendo possível queimar até 300 calorias, dependendo da intensidade da atividade sexual.

Dessa forma, um ótimo benefício do sexo é auxiliar na perda de peso e deixar a vida mais saudável com esse resultado.

O sexo ajuda a aumentar a autoestima

Os benefícios do sexo visto até aqui foram basicamente físicos, com alguns mentais (como a redução do estresse).

Entre os benefícios gerais, um que ajuda na saúde mental/emocional é a melhora do bem estar e o aumento da autoestima.

Pessoas que tendem a fazer sexo com frequência, ainda mais quando ele é feito de forma causal, tendem a apresentar autoestima muito mais elevada do que aquelas que não tem uma vida sexual ativa.

Além de ser uma consequência do sexo, a autoestima elevada também auxilia o aumento da satisfação nas relações sexuais e no número de orgasmos.

Nessa relação, tanto o período pré-sexual (preliminares) como o clímax (orgasmo) estão envolvidos na melhora da sensação de autoestima e bem estar para homens e mulheres.

Conclusão

Como você pôde ver, existem diversos benefícios do sexo para a saúde que são comprovados por meio de estudos e pesquisas avançadas.

Para pessoas que são celibatárias ou possuem uma vida sexual menos ativa, existem outras formas de promover uma boa saúde e a felicidade, obviamente.

Mas é comprovado que o sexo pode ajudar a melhorar bastante a vida das pessoas de uma forma geral, como visto neste texto.

Gostou do artigo de hoje sobre os benefícios do sexo para a saúde?

Se ficou com alguma dúvida sobre esse assunto, escreva-a abaixo nos comentários para que eu possa ajudá-lo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here